Crítica: My Mad Fat Diary

                                    Dear Diary, obrigada por essa série mymadfatdiary

Sinopse: Situada na década de 1990, a história de My Mad Fat Diary acompanha a vida de Rae, uma jovem obesa de 16 anos que vive em Lincolnshire com sua mãe excêntrica. Recém saída de um hospital psiquiátrico, ela se vê jogada em um mundo no qual não se sente à vontade.

linha blog 2

My mad Fat diary é uma comédia, mas não naquele estilo de comédia que você vai ver para relaxar e dar muitas risadas, na verdade My mad Fat diary é mais um drama do que uma comédia. Se você já viu Skins ou Misfits você sabe que as séries britânicas sobre adolescência não são bonitinhas como as americanas, com essa série não é diferente.

Nós acompanhando a vida da Rae, que acabou de sair de um hospital psiquiátrico por um motivo que não é muito claro, você vai entendendo o que aconteceu a medida que os episódios avançam. Poucas vezes essa parte da vida da Rae é mostrada muito claramente, você sabe o que aconteceu, você sabe que ela ainda tem recaídas, mas eles não jogam essa cenas na sua cara, é bem sutil, mas ainda tem poder de te deixar desconfortável. Nós amamos a Rae e ver ela se machucando ou achando que esta tudo acabado é muito ruim .
tumblr_mimy7ae2lj1qd5t21o1_500

Os outros personagens também são muito legais, eu tenho uma lista dos meus preferidos: O Dr. Gill que tenta tanto ajudar a Rae e você pode ver que ele se importa mesmo com seus pacientes, mesmo que ele tenha que fazer com que eles enfrentem seus medos e as piores lembranças. Archie (“Half geek, half rock god”) que desde o começo é muito legal com a Rae. Eu também me apaixonei por ele junto com ela, só que tava tudo muito fácil, ele dá uma mancada, você fica com raiva, mas ai você descobre uma coisa que faz você gostar dele ainda mais.

A Tix representa o passado da Rae, na minha opinião a melhor amiga dela. A Tix é tão bonita e magrinha e ainda faz de tudo para perder peso, ela é tão real e frágil. O jeito que ela dá uns choques de realidade e admira a Rae é lindo e eu só quero que ela fique bem.

tix2tix

 

 

 

 

 

A trilha sonora é épica, combina indie music com rock antigo e músicas famosinhas e ainda faz elas se misturarem perfeitamente com as cenas. A série também me lembra Skins, os personagens que formam um grupo de amigos, os palavrões, as festas, os problemas psicológicos e com a família, talvez porque ela é feita e transmitida pelo mesmo canal que transmitia Skins o E4.

gxl_50eea624-1cb0-493f-989b-60740acce71d

Resumindo: Eu mais que recomendo, eu amei essa série e espero que você assista ela e também se apaixone.

Ps: A série tem apenas 6 episódios e está na primeira temporada, mas já foi confirmado que terá uma próxima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s