Crítica: Corrente do Mal

                        Trazendo a originalidade de volta ao terror

Corrente do mal quase igual

Sinopse

It follows ou Corrente do Mal de David Robert Mitchell, conta a história de uma jovem que após um estranho encontro sexual passa a ser atormentada por visões assustadoras e uma sensação de estar sendo perseguida.

linha blog 2

Crítica

Não sou muito fã de filmes de terror, não sou do grupo de pessoas que acha legal sentir medo, muito menos as que pagam para ir no cinema para isso. Mas quando as críticas são boas e o filme parece abordar o terror de forma diferente e original não custa abrir uma exceção.

Corrente do Mal já começa diferente, nada de casas mal-assombradas, assassinos sanguinários ou torturas loucas. O terror aqui é psicológico, ele pode estar em qualquer lugar, chegar a qualquer momento, e o pior de tudo, ser qualquer pessoa vindo na sua direção.

O clima da perseguição é agoniante e toda a parte técnica do filme trabalha para deixar o clima tenso a todo instante. A trilha sonora é impecável, uma batida que deixa alerta e desconfortável ao mesmo tempo.

O jogo de câmeras também é utilizado para te passar o terror da situação. As melhores cenas são as que você vê alguém se aproximando, mas não tem certeza se é a entidade ou uma pessoa qualquer, isso te deixa na mesma paranoia dos personagens, o que é genial.

corrente do mal quese igual blog

Corrente do Mal é um tipo de filme cheio de metáforas escondidas, críticas sociais e principalmente paralelos que podem ser feitos entre a vida real e a situação vivida pela personagem.

Vi muitas pessoas reclamando que falta explicações no filme, mas para mim é exatamente isso que deixa tudo mais interessante. As coisas que não tem explicação muitas vezes são muito mais assustadoras do que as perfeitamente visíveis.

Embora o filme seja bem mais inteligente do que os filmes de terror produzidos hoje em dia, ele cai no mesmo clichê de ter personagens, digamos, não muito inteligentes. Várias vezes eu me perguntava porque a personagem principal continuava arriscando a vida em diversas situações, e principalmente se tinha um jeito de resolver a situação, mesmo que não permanentemente, por que não fazer logo.

corrente do mal quase igual blog

 

Concluindo

Corrente do Mal é um ótimo filme. Nada de sustos baratos, se prepare para um terror psicológico que vai te deixar olhando para traz durante um bom tempo. O filme estreia aqui no Brasil dia 27 de julho, e vale a pena conferir nos cinemas. 

3 comentários sobre “Crítica: Corrente do Mal

  1. Fiquei curiosa para ver, rsrsrs. Sou fã do gênero, portanto mesmo que você tenha dito que ele cai em clichê por causa dos personagens, vou dar uma chance. Me animei quando você falou “Embora o filme seja bem mais inteligente do que os filmes de terror produzidos hoje em dia” rsrs
    Beeijos
    Beatriz Baesso

  2. Pingback: Crítica: Goodnight Mommy | Quase Igual

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s